[sc:adsense]

Policiais agiram como uma milícia’, diz delegado geral da Polícia Civil.
Delegado disse que todos os envolvidos na ação serão investigados.

Samuel NunesDo G1 PR
Comente agora
Policiais civis encapuzados fecharam um cassino clandestino que funcionava em uma mansão no bairro Parolin, em Curitiba. A operação começou por volta das 23h de quinta-feira (26). Foram apreendidas cerca de 40 máquinas caça-níqueis.Três pessoas foram levadas para a delegacia para prestar depoimento. A casa, que tinha alvará da prefeitura para funcionar como restaurante, salão de festas e exploração de jogos de sinuca.
Embora a operação tenha fechado o local, o delegado geral da Polícia Civil, Marcus Vinícius Michelotto, classificou a ação dos policiais como clandestina. Segundo Michelotto, os policiais agiram por conta própria, sem avisar os superiores. “Os policiais agiram como uma milícia”, disse ao Curitiboka.
Nenhum delegado participou da operação. Os policiais passaram a madrugada inteira no local, sem receber apoio de outras unidades. Os objetos apreendidos ficaram na casa a espera de um caminhão que pudesse levar tudo à delegacia. Apenas por volta das 9h de sexta-feira (27) o delegado do 2º Distrito Policial, que cuida da região, foi acionado.

[sc:adsense]