[sc:adsense]

Aniele Nascimento / Gazeta do Povo / Keirrison na entrevista coletiva desta sexta-feira ao lado do presidente do Coritiba, Vilson Ribeiro de Andrade, que ele considera um exemploKeirrison na entrevista coletiva desta sexta-feira ao lado do presidente do Coritiba, Vilson Ribeiro de Andrade, que ele considera um exemplo

Médico do Coritiba, Lúcio Ernlund, nega que a liberação do jogador para treinar tenha sido precipitada. Ainda não está definido se ele será o responsável pela nova operação

Dizendo-se melhor de ânimo, mas ainda com semblante abatido. Foi assim que Keirrison falou à imprensa na manhã desta sexta-feira (3), a respeito da ultima e da nova cirurgia a qual terá de ser submetido.

Ao lado do presidente do CoritibaVilson Ribeiro de Andrade, do superintendente de futebol,Felipe Ximenes, e do diretor médico do Coxa, Lúcio Ernlund, o jogador tentou manter o otimismo diante desta que será sua quarta operação no mesmo joelho,  mesmo tendo apenas 23 anos.
Desde que saiu do Coritiba a alguns anos que o jogador nunca mais foi o mesmo e não jogou aquele futebol que alegrou o torcedor do Coxa, a torcida o aceitou de volta e ele tentou jogar depois que fez uma nova cirurgia mas sem sucesso.
“A gente fica triste, fica sem palavras, pensando em milhões de coisas. Mas vai passar, vou seguir em frente, tem muita gente me apoiando. O presidente [Vilson] conversou comigo sobre sua história [dois cânceres vencidos] e estou melhor agora. Sou capaz de ajudar o Coritiba. Aqui estou em casa”, desabafou o atacante.
A torcida espera que agora acertem e ele volte a jogar ou terão que partir pra algo mais forte como arrumar outra perna e melhorar a pontaria do ex-artilheiro do coxa.

Comments

comments

[sc:adsense]