[sc:adsense]

vlcsnap-2013-03-18-20h17m06s102

 

John Connor, quem lembra dele o garoto do exterminador do futuro, foi preso em Curitiba na tarde do último sábado (2) em uma agência do Banco Itaú no Prado Velho, em Curitiba, enquanto tentava roubar um caixa automático. De acordo com o Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), John, sabia abrir as máquinas manualmente, inserir um cabo USB conectado a um pendrive e fazer cédulas saírem. Ele foi flagrado sem conseguir levar o dinheiro.

John, de acordo com a polícia, é analista de sistemas, o que teria dado a ele conhecimento para burlar o sistema dos caixas automáticos. “O assaltante não precisa abrir o equipamento com um maçarico ou dinamite, só precisa de um pendrive e de conhecimento técnico”, disse o delegado Leonardo Carneiro, do Cope.

“É um assalto mais difícil de detectar, porque pode ser feito à luz do dia levantando menos suspeitas. Felizmente evitamos que ele tivesse sucesso nesse caso, mas estamos investigando se houve outras ocorrências”, afirmou Carneiro. O delegado contou que a polícia sabia de assaltos cometidos em São Paulo, de onde ele teria vindo, mas vai apurar se algum assalto em Curitiba chegou a ser consumado.

A operação para retirada do dinheiro desta forma dura entre vinte e trinta minutos, conforme a polícia. O golpe, no entanto, tem se sofisticado. “Em algumas situações, os assaltantes têm usado uniformes, para se passarem por funcionários da manutenção do banco, o que diminui o risco de despertar suspeitas”, explicou Carneiro.

John Connor foi preso por furto qualificado. O Cope ainda investiga se havia a participação de outras pessoas no crime. “Sabemos que ele está aqui há pouco tempo, mas ainda não temos certeza se ele contava com algum tipo de ajuda ou agia sozinho”, disse o delegado.

 

Astalavista baby!!!

 

 3
[sc:adsense]