[sc:adsense]

A estudante Juliana Shinolinisky, de 17 anos, foi expulsa da prova do Enem em Curitiba por ter uma foto da Nana Gouvêia no celular. A aluna afirmou que o fiscal de prova viu que ela estava usando um iPhone e se aproximou. Ele alertou que o uso de celular era proibido e pediu para checar o aparelho. “Quando ele viu a foto da Nana Gouvêia na tragédia de NY ele falou: Agora é que você vai ser expulsa mesmo”, disse a garota.


A organização do Enem reiterou que o uso de aparelhos eletrônicos é proibido. O fiscal não foi encontrado para comentar a acusação.
[sc:adsense]