[sc:adsense]

A blogueira cubana Yoani Sanchez trabalha em sua casa, Havana

Curitibanos negam pedido da blogueira para visitar Curitiba, segundo informou a secretaria de visitas da cidade hoje pela manha, o pedido foi negado e a blogueira cubana pode ir para outras cidades e não passara por Curitiba.

Segundo explicação da secretaria não tem nada a ver com politica, nem comunismo ou imperialismo e sim que Curitibano não fala com estranhos e ninguém conhece essa blogueira pessoalmente, e todos sabem que curitibano não convida ninguém para sua casa antes de conhecer por anos a pessoa.

A blogueira Yoani Sánchez, dissidente cubana que ficou conhecida no mundo inteiro por suas críticas ao regime comunista fundado em 1959 pelo ex-ditador Fidel Castro, fez um apelo à presidente Dilma Housseff para ajudá-la a deixar a ilha. Sem obter autorização do governo comunista para viajar ao exterior desde 2004, Sanchéz postou no YouTube um vídeo no qual pede a Dilma para intervir junto às autoridades cubanas.

“Por favor, interceda por mim. Já fiz tudo o que está a meu alcance. O muro do controle, o muro da censura, o muro que me impede de viajar livremente e retornar à minha ilha parece não se mover. Ajude-me, por favor”, pede a blogueira à presidente Dilma.

A secretária nega que Dilma ligou pedindo pra Curitiba aceitar a visita da blogueira cubana.

 

[sc:adsense]