[sc:adsense]

Curitiba reduziu mais a pobreza do que 

outros municípios do Brasil

No país, renda da população aumentou 32% e em Curitiba, 47%.
Dados foram divulgados pela Fundação Getúlio Vargas (FVG).


Famílias vivem abaixo da linha da pobreza (Foto: Reprodução/TV Integração)3,6% dos curitibanos vivem com menos de R$150
por mês, de acordo com FGV
(Foto: Reprodução/TV Integração)
De 2004 a 2009, Curitiba reduziu a pobreza em 65% e a desigualdade social em quase 11%. Os dados são de uma pesquisa realizada e divulgada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Com estes números, a cidade foi a que mais reduziu a pobreza no país, quando comparada com outros municípios do mesmo tamanho. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 1.678.965 pessoas vivem na capital paranaense.
A fórmula para o bom resultado está, na avaliação do economista Marcelo Neri, chefe de políticas sociais da FGV, na combinação da redução da desigualdade – que foi mais forte do que a nacional – com o crescimento da renda da população. De acordo com a pesquisa, enquanto o poder aquisitivo do brasileiro aumentou 32%, o do curitibano cresceu 47%.

[sc:adsense]