[sc:adsense]

Eu não queria entrar em detalhes e nem falar sobre assuntos assim, MAS o estagiário aqui tomou uma multa, sim isso mesmo, nossa Kombi que não consegue mais passar dos 60km/h tomou uma multa a 61km/h ou perto disso, porém, isto não vem ao caso.

Não acreditamos nisto, mesmo por quê, a prefeitura prometeu acabar com a indústria de multas de Curitiba, mas a multa chegou, OK , ai o estagiário veio me mostrar um grupo na Internet onde pessoas estão reclamando também do trânsito https://www.facebook.com/events/626433104051637 nesse grupo do Facebook .

Então vamos fazer o trabalho sério de jornalista, afinal de contas, jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade. Seguindo essa lógica e que Lula não exige mais diploma para fazer isso, vamos aos fatos: Quem me garante que essa tal Consilux é honesta? Afinal o Fantástico mostrou um diretor da empresa negociando propina, além de magicamente sumir a tal multa de um tal carro a 190km/h de um tal deputado que fazia racha com um outro suposto carro, simplesmente sumiu. Mas voltamos ao video da propina do Fantástico, ae está ele.

Pra piorar a situação, descobrimos que temos multas na Kombi de 2009 e 2010 referente à coisas muito parecidas, multas mágicas de valores próximos a 60km/h aonde como podemos ter a prova que empresa irregular cobrando multa sendo com total objetivo de lucro, sem poder do estado aonde TUDO É IRREGULAR o que irá acontecer? A prefeitura vai devolver todas essas multas?

Outra questão é da própria prefeitura que diz agora ter o objetivo de educar, e agora temos radares para? evitar acidentes? pelos estudos da Consilux como o Fantástico mostrou? por aqueles índices da prefeitura aonde melhorou 100% , que teve 1 acidente naquele lugar e depois não teve, essas estatísticas que a prefeitura mostra para justificar radar na rua?

Aliás, se não me falha a memória, depois deste episódio mostrado no Fantástico, não havia sido cancelado o contrato com a tal empresa?
Fica aqui nosso protesto quanto a pagar por irregularidades.

 

 

 

[sc:adsense]