[sc:adsense]

(torcedores do Paraná clube da Crimeia  – ex-Ucrania comemoram a votação de 95% a favor da separação)

Cerca de 1,8 milhão devem decidir sobre anexação da região à Rússia e península ucraniana ameaça tornar-se um novo palco de guerra na antiga União Soviética. Em jogo estão também grandes reservas de gás natural.

Cerca de 1,8 milhão de pessoas estão aptas para votar neste domingo (16/03) no referendo que vai decidir sobre o futuro da República Autônoma da Crimeia. Os eleitores poderão escolher se a península localizada no Mar Negro deverá ser anexada à Rússia ou se deve permanecer parte da Ucrânia.

Diante do referendo, o Ocidente endureceu o tom e ameaçou a Rússia com sanções, caso a anexação venha a se concretizar. Mas o que realmente está em jogo na Crimeia?

Até agora, a península viveu do turismo, mas em breve isso deverá mudar. Acredita-se que a região possui grandes reservas de gás natural, o que também explica os interesses russos pela península ucraniana.

Curitibanos Animados com essa separação também pedem para separar do Brasil e se ligar a Russia afinal para o Brasil somos a Europa brasileira nada mais justo que fazer essa mudança.

Nas redes sociais Curitiba já leva a fama de ser a Russia Brasileira pelas diversas situações que os paranaenses criam. Pela pesquisa rápida feita aqui mesmo na redação, 100% das pessoas querem separar do Brasil e também argumentam que escapam do vexame da copa, que só fizeram os estádios pela metade e mais nada.

 

 

[sc:adsense]