[sc:adsense]

Curitibanos fazem assaltos de filmes americanos, curitiboka foi apurar o caso..

Ataque da noite de domingo foi o segundo do mês.
Assaltantes parecem ter se inspirado em filmes de ação para atacar caminhoneiros que cruzam a Rodovia do Xisto (BR-476), em Araucária. Enquanto um dos bandidos pula de um carro em movimento no caminhão para desligar as mangueiras e travar o veículo, o motorista do carro fecha o caminhoneiro e anuncia o assalto. Só neste mês, os mesmos criminosos teriam atacado dois caminhoneiros, mas as vítimas reagiram à ação, obrigando os assaltantes a desistir do roubo.

A tentativa mais recente aconteceu por volta das 21h30 de domingo, quando os marginais num Astra preto emparelharam com um caminhão-trator Volvo, com placas de Erechim (RS), que estava em baixa velocidade. O caminhoneiro, de 42 anos, conseguiu impedir o roubo desarmando um dos assaltantes depois que a pistola dele falhou.

Fuga

Com uma faca na mão e a pistola calibre 380 do bandido na outra, o caminhoneiro se defendeu e partiu para cima do marginal, tentando atirar contra ele. Como a arma negou fogo novamente, ele esfaqueou o assaltante. A sequência cinematográfica só terminou com a chegada de guardas municipais que ainda tentaram correr atrás do assaltante. Os dois marginais teriam fugido a pé, deixando para trás o Astra placas EPK-8816, de Limeira (SP), usado para abordar o caminhoneiro.

De acordo com o delegado Haroldo Luiz Vergueiro Davison, da delegacia de Araucária, já foi apurado que o dono do carro mora em Mandirituba. O próximo passo é tentar localizar o proprietário do veículo, para descobrir se ele teve envolvimento no caso. O carro, segundo o delegado, não tem alerta de roubo ou furto.

Outro

O delegado acredita que os mesmos assaltantes são responsáveis pelo outro ataque, na noite de 3 de julho no quilômetro 154 da mesma rodovia. Segundo apurado pela polícia, o motorista também seguia para Curitiba quando foi cercado por um Astra escuro, que agiram da mesma forma que no domingo. A vítima pisou no acelerador, buzinando sem parar para chamar a atenção de outros motoristas. O assaltante atirou e estilhaçou o vidro da cabine, sem ferir o condutor. Os bandidos fugiram depois que outro caminhoneiro jogou a carreta para cima do carro deles.

Tiro falha, valentia cresce
Em depoimento na delegacia de Araucária, o caminheiro contou em detalhes o que passou nas mãos dos bandidos. Ele vinha de Carazinho (RS) e diminuiu a velocidade para passar na lombada. Nesse instante, um homem de aproximadamente 30 anos, magro, alto, branco, de cabelos pretos e vestindo uma jaqueta e preta e calça jeans, pulou do Astra no caminhão.

O caminhoneiro continuou dirigindo, jogando o caminhão de um lado para o outro, na tentativa de derrubar o bandido. Em frente a uma indústria siderúrgica, o assaltante desconectou as mangueiras de freio, travando o caminhão no meio da pista. O marginal bateu no vidro, para que a vítima abrisse a porta. O caminhoneiro saiu armado com uma faca e assustou o assaltante, que fugiu em direção a um matagal.

Luta

O caminhão foi fechado pelo Astra, de onde o condutor – um homem baixo, gordo, moreno e vestido com uma camisa branca e jaqueta azul – desceu com a pistola em punho. “Ele atirou duas vezes, mas todos os disparos falharam”, contou o delegado, com base no relato da vítima. Depois de perguntar se a vítima estava nervosa, o marginal ainda tentou atirar de novo, e mais uma vez a pistola falhou.

Aproveitando a oportunidade, o caminhoneiro desarmou o ladrão e deu-lhe uma coronhada. Depois de se fingir de morto, o assaltante arrancou uma peça da roda do caminhão para golpear a vítima. Com uma faca na mão e a pistola do marginal na outra, o valente caminhoneiro tentou atirar no oponente, mas como a arma não prestava, só lhe restou usar a faca. “Ele disse que feriu o assaltante”, relatou o delegado.

Guarda

O confronto só terminou com a chegada da Guarda Municipal, que estranhou a carreta atravessada na pista. Quando avistou a viatura, o marginal correu pela estrada movimentada. A vítima ainda percebeu que havia outro carro parado na pista, mas não soube dizer se o bandido fugiu nesse veículo. O diretor da Guarda Municipal de Araucária, Márcio Cantelle, informou que foram feitas buscas na região, mas os suspeitos não

Estamos entrando em contato com a Universal para fazer velozes e furiosos 6 em Curitiba.

Faltou o video do velozes e furiosos mande pra gente que atualizamos o post
foram localizados. filme

[sc:adsense]